Como Ajudar Pessoas que Enfrentam o Alcoolismo (2023)

Como Ajudar Pessoas que Enfrentam o Alcoolismo (1)

Espero que você goste desse artigoConheça as psicólogas que atendem em São Paulo presencialmente e também online por vídeochamada.

Como Ajudar Pessoas que Enfrentam o Alcoolismo (2)

Como Ajudar Pessoas que Enfrentam o Alcoolismo

OAlcoolismo é um vício e/ou dependência causado pelo álcool e é considerado pelaorganização mundial de Saúde (OMS) uma doença.

Essadependência normalmente se inicia de forma inocente com a pessoa bebendosocialmente, sem que nada pareça fazer mal. Porém, tempos depois, a pessoapercebe que beber virou uma rotina em sua vida, que isso já está começando aatrapalhar as atividades e relacionamentos no seu dia a dia.

Algumaspessoas começam a beber como uma forma de fuga, motivadas por uma decepção,frustração ou até mesmo para ajudar a absorver a pressão do dia a dia. A pessoapassa a encontrar alívio com a bebida.

Háoutros fatores que influenciam como por exemplo a pessoa ter pré-disposição ao alcoolismo. Crianças e adolescentes que convivem com familiares que tem ocostume de beber em excesso pode ser um desses fatores.

Quando alguém está passando por problemas psicológicos, não é só essa pessoa quem sofre. A família, os amigos e todos que convivem com ela passam pelo mau momento de forma conjunta, dividindo as dificuldades.

Porisso, é importante saber como lidar com a situação e ajudar a quem estápassando por esse problema da melhor maneira possível.

Como ajudar pessoas que enfrentam o alcoolismo

Antesde tudo, é importante ter certeza de que a pessoa possui mesmo um problema como abuso de álcool. O alcoolismo é mais do que apenas beber muito e comfrequência: é uma dependência física e psicológica da substância.

Quandose encontram nesta situação, o apoio de familiares e amigos é essencial paraque possam superá-la. Mas como você pode ajudar?

1.Permita que eles sintam as consequências do alcoolismo

Ajudara aliviar os problemas causados pelo alcoolismo é uma forma de fazer com quequem tem o vício não perceba que suas ações motivadas pelo álcool têmconsequências.

Se a pessoa bebeu muito e não conseguiu acordar para ir trabalhar no dia seguinte, por exemplo, deixe-a. É importante que ela seja responsabilizada por seus atos e perceba que eles têm resultados danosos.

2. Não force o tratamento no início

Como escolher seu psicólogo?

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER SEU PSICÓLOGO

Nãoadianta forçar alguém que não quer ser tratado a ir para uma clínica dereabilitação. Insistir que a pessoa se trate sem que essa vontade parta dela éa última opção e pode acabar sendo uma perda de tempo e de dinheiro em muitoscasos.

Tudo que você pode fazer, em um primeiro momento, é oferecer ajuda, sugerir que o tratamento pode ser benéfico e deixar que suas sugestões sejam aceitas ou não. Os diálogos podem até se tornar discussões duras e sinceras, mas não pressione demais logo no início.

3.Envolva mais pessoas no problema

Semais amigos próximos e familiares estiverem empenhados em ajudar, é possívelque a pessoa ouça mais, comece a dar maior importância para a questão,reconheça o vício e aceite um tratamento.

No entanto, é fundamental saber conversar sem julgar, sem criticar, no lugar e momento certos. Consultar um psicólogo é de extrema importância também para orientar sobre qual é a melhor abordagem a ser usada.

Como Ajudar Pessoas que Enfrentam o Alcoolismo (4)

4.Não se torne um dependente

Procure entender a dificuldade pela qual a pessoa está passando sem deixar que ela tome conta da sua vida a ponto de isso afetar o seu bem-estar. Seja compreensivo, pesquise sobre as condições de um alcoólatra e as formas de ajudar, mas não se deixe levar por comportamentos manipuladores.

Saibaaté que ponto você deve se envolver: quando começar a afetar sua própria vida,é preciso reavaliar suas ações e, na medida do possível, afastar-se um pouco afim de que você possa reencontrar força e equilíbrio suficientes para ajudarnovamente.

Essaatitude é extremamente difícil quando o dependente é alguém próximo, mas,acredite, é um comportamento necessário para você melhor auxiliar aquele queestá doente.

5.Tome conta de si mesmo

Procura terapia online ou presencial?

Conheça as psicólogas do nosso consultório

Psicólogos para terapia online

Psicólogos em São Paulo

Sobre terapia online

A pessoa que mais tem contato com o alcoólatra e que divide com ele seus problemas todos os dias também poderá enfrentar momentos difíceis, que deixam a rotina mais pesada.

Se começar a se sentir estressado, irritado ou deprimido busque ajuda de um psicólogo. Ele saberá te orientar sobre a melhor forma de lidar com a situação.

Efeitos do Álcool

Quandoentrado na corrente sanguínea o álcool mexe diretamente com o cérebro, fazendocom que o indivíduo sinta uma espécie de euforia e alegria, e de certa formaconforto devido ao fato de esquecer os problemas.

Por outro lado, o indivíduo que ingere álcool enfrenta sérios problemas de convivência, chega um momento em que a dependência ao álcool é tão intensa que o indivíduo não sente mais os seus efeitos, o que é chamado de tolerância ao álcool.

Sendo assim ele não sabe a hora de parar e bebe mais do que deseja, fazendo com que ele interrompa suas atividades importantes.

Como o psicólogo pode ajudar

Na maioria das vezes o dependente do álcool se mostra muito resistente à terapia, não assume que é dependente e que precisa de ajuda, devido a isso chegam até o psicólogo ou outro profissional através da família ou amigos na maioria das vezes numa situação muito crítica da doença.

O psicólogo surge com o papel reforçador na intenção de ouvi-lo e instrui-lo a respeito de como voltar a ter um convívio normal, voltar a se relacionar e se comportar.

Em muitas dos casos tratados no consultório, o paciente usou o álcool como automedicação, isso contra decepções, angustia e depressão.

E o álcool fez com que o paciente perdesse parte da moral e caráter que possuía, sendo assim o psicólogo irá ajudá-lo a encontrar novamente os valores que se perderam e que possa estar apto a se relacionar em sociedade.

Pode fazer parte do tratamento de psicoterapia o apoio aos familiares, consiste na instrução para que eles saibam lidar com o dependente. Além do tratamento de psicoterapia, combinado com ele há o tratamento com medicação, isso porque devido a abstinência pode existir prováveis convulsões os medicamentos são para evitar as mesmas, também combinado a ele tem o acompanhamento de um nutricionista.

Quem leu esse artigo também se interessou por:

  • AngústiaA angustia é um sentimento que incomoda e que muitas vezes tira o nosso sono. Mas há o que se possa fazer para atenuar o sentimento, tornando sua vida mais leve
  • Como lidar com a negação do vício em drogasA negação do vício em drogas é um problema, portanto é importante seguir algumas dias de psicólogo para saber como lidar em cada caso.
  • Depressão: o que é, sintomas e o tratamentoA Depressão é um transtorno de humor que causa sentimento constante de tristeza, com sintomas característicos que precisam ser tratados

Outros artigos com Tags semelhantes:

  • Sonhos: psicóloga explica tudo sobre os sonhos Sonhos são histórias e imagens criadas em nossa mente enquanto dormimos. Os sonhos podem ser tanto divertidos, engraçados, românticos quanto perturbadores, assustadores e algumas vezes até bizarros e improváveis. [...]
  • Conheça 6 sinais de que você precisa de uma pausa das redes sociais As redes sociais exercem influência significativa na saúde mental daqueles que passam muito tempo nelas. Embora elas sejam um recurso versátil e indispensável para diversas finalidades, o seu consumo [...]
  • Como um comprador compulsivo pode economizar Leia o nosso texto e veja como um comprador compulsivo pode melhorar sua vida financeira com algumas pequenas atitudes. A compulsão por compras, além de fazer a pessoa gastar [...]

Nosso blog já conta com 450 artigos e vídeos. Pesquise um tema.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Como Ajudar Pessoas que Enfrentam o Alcoolismo (11)

Autora: psicóloga Thaiana F. Brotto - CRP 106524/06Formação: Thaiana Filla Brotto é psicóloga registrada no Conselho Regional de Psicologia sob o número 06/106524. Thaiana se formou em Psicologia pela PUC-PR em 2008, fez pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP e é pós-graduanda em Neurociência pela PUC. Thaiana já escreveu mais de 400 artigos para o Blog Psicólogo e Terapia.

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Zonia Mosciski DO

Last Updated: 01/05/2023

Views: 6422

Rating: 4 / 5 (51 voted)

Reviews: 90% of readers found this page helpful

Author information

Name: Zonia Mosciski DO

Birthday: 1996-05-16

Address: Suite 228 919 Deana Ford, Lake Meridithberg, NE 60017-4257

Phone: +2613987384138

Job: Chief Retail Officer

Hobby: Tai chi, Dowsing, Poi, Letterboxing, Watching movies, Video gaming, Singing

Introduction: My name is Zonia Mosciski DO, I am a enchanting, joyous, lovely, successful, hilarious, tender, outstanding person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.